Estas são as principais fraquezas do Tsukuyomi Infinito em Naruto Shippuden

O Tsukuyomi Infinito é uma técnica temida e considerada a mais poderosa de genjutsu em Naruto. Seu objetivo é mergulhar todo o mundo em uma ilusão eterna, absorvendo o chakra dos seres presos em seu sonho. Com um alcance global, essa técnica é capaz de afetar uma quantidade inimaginável de pessoas.

No entanto, embora Madara tenha conseguido ativar essa técnica e se aproximado de concluir seu plano, o Tsukuyomi Infinito ainda apresenta algumas fraquezas. Hoje, vamos falar um pouco mais sobre as principais formas de evitar e desfazer os efeitos dessa técnica poderosa.

As principais fraquezas do Tsukuyomi Infinito

Uma das formas mais conhecidas de evitar o Tsukuyomi Infinito é por meio do Rinnegan, já que seus portadores são imunes aos efeitos da técnica e capazes de bloquear a luz refletida pela lua, protegendo quem estiver próximo. Sasuke demonstrou isso quando usou seu Susanoo para proteger Naruto, Sakura e Kakashi da técnica.

Pessoas que foram reencarnadas através do Edo Tensei também não são afetadas pelo Tsukuyomi Infinito, como foi o caso dos Hokages que lutavam na Quarta Guerra Mundial Ninja. Além disso, aqueles conectados ao corpo de Zetsu também são imunes à técnica, o que permitiu que Obito escapasse ileso. Entretanto, Orochimaru, apesar de ter assumido o corpo de um Zetsu Branco, ainda foi afetado pelo efeito do Tsukuyomi Infinito.

Por último, após a conclusão da técnica, a única forma de dispersá-la completamente é por meio da combinação do poder do Rinnegan com o chakra das nove Bestas com Cauda, como foi feito por Naruto e Sasuke no final de sua batalha.

O mangá original de Naruto, criado por Masashi Kishimoto, foi publicado na Weekly Shonen Jump a partir de 1999 e finalizado em 2014, enquanto a sua adaptação em anime foi encerrada em 2017. A franquia atualmente continua com Boruto, que é uma sequência direta da história original e acompanha uma nova geração de ninjas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *