Sindicato Japonês entra com pedido para regulamentar IAs e proteger emprego dos dubladores

O sindicato japonês de dubladores e músicos freelancer, Arts Workers Japan, fez uma coletiva de imprensa em Tóquio para expressar certas preocupações com o futuro da indústria e a crescente expansão das inteligências artificiais na criação de conteúdo.

De acordo com o que foi apresentado pela associação, o objetivo é o de prevenir que o uso de IA façam com que acabe a arte de expressão, o que poderia levar ao desemprego de muitas pessoas relacionadas a área.

Em uma solicitação feita á Agência de Assuntos Culturais e outros grupos relacionados, o sindicato pediu para que as leis fossem reforçadas para assim proteger e garantir os direitos dos trabalhadores.

A presidente da associação e atriz, Megumi Morisaki, comentou que o avanço das inteligências artificiais desestabilizarão cada vez mais o trabalho dos artistas de expressão, e que se torna necessário criar novas disposições para os direitos de tais trabalhadores, além de uma legislação que permita aos artistas buscarem compensações quando uma IA cria algo que se baseie em seus trabalhos.

Dentre os principais argumentos, o sindicato ressaltou a situação atual dos locutores de noticiários japoneses, que estão sendo trocados por inteligências artificiais capazes de lerem os textos.

Fonte: Crunchyroll

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *